Por Que Devo Me Preocupar Com A Gestao Da Saude Dos Trabalhadores.jpeg

Por que devo me preocupar com a gestão da saúde dos trabalhadores?

Entre as inúmeras atribuições de um empresário, a gestão da saúde dos trabalhadores deve se destacar. Mas esse fator é, muitas vezes, menosprezado diante de funções como cumprimento de prazos, prestação de serviços de qualidade, contratação e treinamento de funcionários, compras, estoques e pagamentos

Tal questão, entretanto, merece igual atenção, já que está diretamente relacionada à produtividade da empresa. A gestão da saúde dos trabalhadores deve ser pensada com atenção, por ser estratégica. À primeira vista, a afirmação pode parecer estranha, mas não é.

Garantir que os colaboradores estejam saudáveis permite que eles possam desempenhar suas funções da melhor maneira possível, atingindo e até mesmo superando as expectativas da companhia.

Listamos, abaixo, algumas vantagens que vão convencer você sobre a importância da gestão de saúde para seu negócio. Continue a leitura e confira quais são!

Com uma boa gestão, há menos licenças médicas

Uma vantagem inegável da boa gestão da saúde dos trabalhadores é a redução do número de licenças médicas. Colaboradores saudáveis adoecem menos e, em consequência disso, precisam de menos afastamentos ou saídas temporárias para consultas de rotina e emergência.

A redução nas licenças acarreta uma diminuição de custos. Isso porque deixa de ser necessário arcar com prejuízos diretos, como contratação de substitutos, e prejuízos indiretos, como perda de prazos, acúmulo de trabalho, remanejamento de tarefas e perda de períodos produtivos, entre outros.

Em longo prazo, essa redução de gastos é impactante e pode ser determinante para a sobrevivência da empresa no mercado.

A produtividade aumenta

A gestão da saúde dos funcionários, quando feita da maneira correta, assegura o aumento da produtividade. Vale lembrar que ser saudável envolve mais questões do que simplesmente não adoecer, como:

  • autoestima;
  • sensação de bem-estar na empresa;
  • saúde emocional e física;
  • melhora na convivência social entre colaboradores etc.

E todos esses fatores citados acima contribuem diretamente para o aumento da produtividade, já que os colaboradores, além de dispostos fisicamente, encontram no espaço de trabalho segurança para trabalhar, sensação de recompensa e motivação. Isso faz com que deem o melhor de si.

A retenção de talentos é promovida

Uma das principais vantagens que a gestão da saúde dos trabalhadores traz é a retenção de talentos. E essa também é uma das principais preocupações das empresas hoje em dia.

Isso porque, além de ser difícil encontrar talentos no mercado, é complicado fazer com que esses colaboradores — diferenciados e muito disputados, em geral — desejem permanecer por muito tempo na organização.

Não somente pelo investimento individual feito no treinamento de um colaborador, mas também pelos valores que o profissional agrega ao processo produtivo, perdê-lo em razão da falta de benefícios (como planos de saúde individuais ou extensivos às famílias, entre outros) é extremamente prejudicial.

O trabalho em equipe é aprimorado

Uma empresa que se mostra preocupada com o colaborador e seu estado de saúde cria, no espaço corporativo, um ambiente de bem-estar. Imersos nessa atmosfera, os funcionários vão trabalhar melhor não apenas individualmente, mas em equipe.

Promover ginásticas laborais, prezar pela ergonomia dos móveis e incentivar intervalos para andadas curtas ou mesmo para um café são ações que evidenciam o espírito de compreensão. Elas demonstram que os colaboradores são vistos como capital humano — e não apenas como realizadores de tarefas.

Nesse espírito, os funcionários trabalham melhor em equipe. Eles se sentem parte de um todo, sendo integrados e valorizados.

Bônus: mas, afinal, o que é necessário para a gestão da saúde dos trabalhadores?

Alimentação saudável

Para garantir a boa gestão da saúde dos funcionários, é primordial incentivar uma alimentação saudável. Caso tenha uma cantina interna, a companhia deve garantir que alimentos frescos e nutritivos sejam colocados à venda.

Caso a empresa ofereça lanches, também é preciso nortear-se por esse princípio, assegurando que os colaboradores recebam opções saudáveis. Além disso, incentivar a alimentação adequada por meio de informativos, intranet, murais ou qualquer outro tipo de comunicação interna existente é relevante.

Prática de atividades físicas

Além da alimentação, é interessante estimular a prática de atividades físicas regularmente. Explicitar os benefícios dos exercícios, buscar convênios de desconto com academias próximas à empresa ou contratar um profissional para oferecer ginástica laboral são pontos importantes e que fazem toda a diferença.

Manter espaços de convivência e relaxamento também é interessante. Permitir que os funcionários joguem uma partida de xadrez, ouçam música, pratiquem meditação, leiam um livro ou simplesmente conversem pode ser crucial para garantir a saúde mental deles.

Pausas estratégicas

Pausar as atividades por alguns minutos ou autorizar que utilizem o horário de almoço para realizar atividades lúdicas é extremamente vantajoso e inteligente. Além de cuidar da saúde dos colaboradores, a empresa mostra que é inovadora e antenada às tendências, o que a torna mais atrativa.

Planos de saúde e odontológicos

Por fim, para fazer uma boa gestão da saúde dos funcionários, é extremamente importante oferecer planos de saúde e odontológicos. Dessa forma, é possível garantir assistência médica ou dentária de qualidade e resguardar os colaboradores em situações de emergência, além de assegurar um acompanhamento periódico da saúde e do que é mais valioso para eles — seus familiares.

Conforme mostramos acima, contar com uma boa gestão da saúde dos trabalhadores é essencial. Empresas que menosprezam seu capital humano não vão longe: elas deixam de ser atrativas para os funcionários, sofrem prejuízos com a redução da produtividade, afastamentos ou licenças médicas e, ainda, pecam na qualidade do trabalho desenvolvido.

Isso porque profissionais doentes, debilitados física ou mentalmente, deixam a desejar e não correspondem às expectativas. Portanto, se você deseja fazer sua empresa crescer e obter cada vez mais destaque no mercado, tenha à frente da gestão da saúde dos trabalhadores um profissional de RH ciente dos benefícios de zelar pelo bem-estar de todos.

Ele deve incentivar uma alimentação sempre saudável, nutritiva e variada; estimular a prática regular de atividades físicas; propiciar um ambiente seguro e que permita momentos de descontração ou relaxamento na empresa e, principalmente, oferecer benefícios como seguro de saúde e odontológico.

Agora que você já sabe quais são as vantagens de se preocupar com a gestão da saúde dos funcionários, que tal assinar nossa newsletter? Publicamos, periodicamente, informações diferenciadas sobre seguros e maneiras de proteger o capital humano de sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × cinco =

Aguarde...

Cadastre-se e receba nossas dicas!

Tenha a segurança de quem está há mais 30 anos no mercado.

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com