Conheca Os Principais Problemas De Saude Desenvolvidos No Trabalho.jpeg

Conheça os principais problemas de saúde desenvolvidos no trabalho

Qualquer que seja o cargo exercido dentro do ambiente de trabalho pode apresentar riscos para a saúde pessoal do funcionário. Ações repetidas, exposição a algum material químico ou radioativo e estresse cotidiano são alguns exemplos de problemas desenvolvidos no trabalho.

Esses distúrbios são chamados doenças ocupacionais e são adquiridos, geralmente, durante o tempo de exercício da função profissional. Assim, é importante estar ciente sobre quais são elas, como são contraídas e seus sintomas, a fim de melhorar a qualidade de vida da sua equipe.

Quer saber mais? Então confira alguns dos mais frequentes problemas de saúde desenvolvidos no trabalho e esteja pronto para preveni-los!

Câncer por radiação

Algumas funções dentro de empresas como laboratórios e consultórios hospitalares, estão mais propensas a trabalharem na presença de radiação. Esse tipo de exposição pode levar a sérios problemas de saúde quando mal administrados.

A radiação libera raios X e gama, capazes de alterar a produção celular do organismo causando uma série de doenças como infertilidade e até mesmo câncer. Isso ocorre graças às ondas ultravioleta e infravermelho que atravessam a pele, podendo atingir órgãos de todo o corpo.

Operários no ramo de solda e construção estão entre os mais afetados por esse tipo de doença ocupacional. Por isso, é fundamental estar atento ao uso dos equipamentos de segurança para evitar problemas futuros.

DORT e LER

DORT e LER são siglas para Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho e Lesões por Esforço Repetitivo, respectivamente. De maneira geral, trabalhadores que efetuam ações repetitivas diariamente, por longas horas, são os mais propensos a contrair o problema.

Produção de texto para jornais, profissionais do ramo digital e operários de produção em industrias são os mais afetados e acabam desenvolvendo tendinite, tenossinovite, bursite, entre outros tipos de lesões musculares e articulares.

Essa é uma situação muito perigosa tanto para o patrão quanto para o operário, já que o primeiro corre o risco de perder produção com a falta do funcionário e o segundo sofrerá com a saúde debilitada. Para evitar este cenário, é importante criar um padrão dentro dos limites cabíveis para a execução da operação.

Intoxicação

Algumas profissões requerem o manuseio de produtos químicos com bastante frequência, como o caso dos operários de indústrias de cosméticos, agricultores com controle de pragas, pintores e etc. Assim, esses profissionais estão diariamente à mercê de uma forte intoxicação.

Alguns produtos químicos, quando manuseados de maneira incorreta ou inalados, são extremamente perigosos para a saúde pessoal, podendo causar cegueira, deficiência respiratória, problemas de pele e até afetar órgãos internos.

O uso de equipamentos de segurança para profissionais que lidam com esse tipo de material deve ser indispensável. Luvas e óculos de proteção, roupas impermeáveis, entre outros hábitos de segurança como manter o local sempre limpo e arejado são fundamentais para evitar acidentes.

Surdez parcial ou completa

Trabalhar em meio a muito barulho, além de estressante, pode ser extremamente perigoso para a saúde auditiva dos envolvidos. Algumas áreas como a construção civil ou setores de produção industrial são repletos de poluição sonora em altos níveis.

A audição humana começa a ficar comprometida quando exposta a sons acima de 85 decibéis por longos períodos. Desse modo, a exposição prolongada pode gerar colapso nas células nervosas do ouvido, causando surdez parcial ou completa no indivíduo.

O primeiro sintoma da perda auditiva acontece quando fica difícil escutar o tom da voz humana. Nesses casos, é imprescindível procurar ajuda médica para acompanhar o quadro e, se possível, revertê-lo. Lembrando que para evitar estes problemas, o uso de equipamentos de proteção sonora são essenciais em toda a equipe.

Doenças psicossociais

Todos nós já enfrentamos situações estressantes, desconfortáveis e até humilhantes no ambiente de trabalho. Contudo, quando essas cenas são corriqueiras, acabam criando uma série de problemas na interpelação empresarial.

Todas as profissões estão sujeitas às doenças que afetam a psique. Entre os principais sintomas temos o estresse crônico, que acaba gerando falta de apetite e até mesmo dores do corpo.

Ainda hoje, algumas empresas sofrem com a pouca relação entre patrão e empregados, em que o recurso humano é colocado como última preocupação. Entretanto, é preciso mudar esta forma de pensamento e gestão, afinal, um funcionário estimulado trabalha melhor, produzindo resultados superiores.

Reumatismo

Os encarregados de trabalhos braçais, como o carregamento de peso, são os mais afetados pelo reumatismo em larga escala. Assim, aqueles que lidam com equipe de almoxarifado, operadores de construção civil ou cuidadores de deficientes, correm sérios riscos de contrair a doença.

O reumatismo ataca, na grande maioria dos casos, os braços e pernas do indivíduo, fragilizando as articulações e cartilagens o que provoca muita dor ao se mover. Esse tipo de doença é desencadeada ao longo de um processo de maus cuidados com postura.

É importante criar parâmetros que sejam saudáveis para o trabalho desses tipos de profissionais, equipamentos que auxiliem a carga e levantamento de peso e uma logística adequada para acelerar o processo, reduzindo o risco à saúde do indivíduo.

Dermatite

A pele é o maior órgão do corpo humano e isso faz dela um alvo fácil para as intempéries do dia a dia, principalmente durante o trabalho. Profissionais que lidam com produtos químicos e estética são os mais afetados por esse tipo de problema.

É comum encontrarmos operários desses ramos que precisam de um tempo de afastamento para tratar uma doença de pele adquirida no trabalho. Esse tipo de situação acaba gerando prejuízo para a empresa e para o funcionário, contudo, existem medidas preventivas.

É importante lavar sempre as mãos e lembrar de não coçar os olhos, a boca ou o rosto enquanto estiver em contato com o produto. Alguns sintomas comuns da dermatite envolvem inchaço, bolhas, coceira, espinhas e vermelhidão. Nesses casos, deve-se procurar um médico.

São diversos os problemas de saúde desenvolvidos no trabalho, nós listamos apenas os casos mais comuns. Apesar da prevenção ser importante, não é possível estar sempre preparado para todas as situações. Portanto, a ajuda de um seguro é essencial para os profissionais manterem a saúde acima de tudo.

Não perca tempo! Entre em contato com a Linkseguros e melhore agora a qualidade de vida no seu ambiente de trabalho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 11 =

Aguarde...

Cadastre-se e receba nossas dicas!

Tenha a segurança de quem está há mais 30 anos no mercado.

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com